Viva o nosso afeto

Ainda não parei para pensar sobre nossas vidas, creio que ainda não tenha sentido tal necessidade.

Sei que nós dois somos pessoas especiais escolhidas a dedo para viver o que estamos vivendo, uma amizade profunda que oscila
entre o respeito e o desejo.

Essa relação é reflexo por sabermos que não somos propriedade um do outro, mas temos a liberdade de viver as emoções dos amores, mesclada com o carinho de uma amizade condicional.

Você bem sabe que mora dentro do lado esquerdo do meu peito e que de mim tem todo o respeito e força que precisar.

A mão amiga que afaga na hora da dor, o beijo que sacia o desejo, o silêncio dos conscientes.

É assim que somos, é assim que gostamos de ser. Viva a nossa amizade, viva o nosso afeto, viva essa nossa forma diferente de viver.